• Lu Make Up

Micropigmentação em peles maduras

Saiba como funciona a dermopigmentação em peles que já tem muita história para contar

A nossa pele diz muito sobre nós! Principalmente quando se trata do rosto, existe um conjunto de características que mudam conforme a idade. É por isso que, para cada etapa da vida, recomenda-se uma rotina específica de cuidados. É mais ou menos o que acontece quando falamos em micropigmentação para peles maduras.

Normalmente, os primeiros sinais do tempo que observamos na pele aparecem a partir dos 25 anos. Mas, por volta dos 50 as alterações já são bem mais significativas.

O envelhecimento cronológico (intrínseco) é um processo natural. Com o passar dos anos, todas as células do nosso corpo vão perdendo a capacidade de se regenerar. Na pele, também ocorre uma queda na produção de colágeno e elastina, proteínas responsáveis por dar sustentação e firmeza. Por ser mais delicada, a pele do rosto se torna ainda mais fina e frágil com o avanço da idade.

Outra mudança importante é a diminuição da atividade das glândulas sebáceas e sudoríparas. A pele passa a ser mais seca e as alterações na vascularização também a tornam menos luminosa. Alguns fatores como menopausa, tabagismo, dieta rica em açúcares, exposição à radiação solar e tom de pele também influenciam de maneira importante a forma com que envelhecemos. Isso quer dizer que a micropigmentação em peles maduras precisa ser ainda mais criteriosa, cuidadosa e realizada por mãos experientes. O procedimento deve ser feito com muita leveza, para evitar a formação de hematomas em áreas mais propensas, como a região dos lábios por exemplo. O tempo de cicatrização pode ser um pouco maior nesses casos, devido à atrofia das glândulas sebáceas. Apesar de todas essas particularidades, as técnicas e os materiais usados são os mesmos, e a etapa de avaliação também levará em conta as características da idade da pele.

A micropigmentação de cicatrizes, estrias, manchas e lesões brancas em áreas fotoexpostas também necessitam de mais atenção, já que o processo de cicatrização vai levar mais tempo. E aqui vai uma dica: ainda mais cautela no pós-procedimento! Observe a evolução do resultado nos primeiros dias e, se surgir qualquer dúvida, entre em contato com a equipe que te atendeu. Esse é um dos motivos pelos quais a etapa do retorno é tão essencial, ainda mais quando o assunto é a pele madura. Cada procedimento é único e cada organismo reage de maneira diferente. Por isso, é importante escolher profissionais especialistas, além de tomar todos os cuidados antes e depois de realizar a sua micro! Ainda não sabe como se preparar para a sua micropigmentação e como lidar com o pós-procedimento? Dá uma olhada nesta lista de recomendações básicas, orientadas pela Equipe Técnica da Lu Make Up.

Todos os direitos reservados ©2020 Lu Makeup

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
Carrinho (0)‏